A Educação, os privados e a missão

“Como na saúde ou a assistência aos idosos, a educação pública está sob a ameaça dos cortes e dos interesses das corporações – alguns legítimos, outros nem tanto. O Estado não deve desviar os seus recursos financeiros para o sector privado, mas se e só se em causa houver garantia que a escola pública é capaz de prestar o serviço que a comunidade dela espera.”

Manuel Carvalho, no Público, “A escola pública não se defende por decreto”: finalmente, uma perspetiva equilibrada sobre este maltratado debate.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s